Vítor Rainho

Só para os arguidos é que existe privacidade?

Esperemos que operações como a do Marquês, entre tantas outras, não leve mais uma marretada com esta história ridícula – que Portugal não precaviu, para estar de acordo com as …


António Galamba

Beneficiários líquidos de Portugal, uni-vos

Ele há o bruto e há o líquido. Em Portugal parece que, demasiadas vezes, o bruto acaba por ser excessivamente líquido e na ânsia de ter de dizer, diz disparates …


Vítor Rainho

O voto foi uma arma. A música é sofrível

As pessoas quiseram, penso eu, expressar o seu apoio ao país de Zelensky, esquecendo-se que a votação era para premiar a melhor canção e não para mostrarem solidariedade com um …


Joaquim Jorge

Setúbal: refugiados ucranianos

A Guerra na Ucrânia sente-se, cada vez mais, por via da inflação, aumento dos combustíveis, em Setúbal e noutras câmaras, com os refugiados. Não faz sentido nenhum o acolhimento de …

(1)

Paulo Romão

Sol e sombra

Sol e sombra. É curioso como necessitamos e dependemos deles em muitos momentos da nossa vida. Ambos podem ser tanto confortáveis como insuportáveis, dependendo da situação em que nos encontramos. …

(1)

mais